Trinta e tantos

(Imagem: Pintura de Suchitra Bhosle)

 
Já é o costume em ver,
de dentro de algo maior,
 
A pergunta persiste a dúvida,
Ramando a resposta em toda parte,
 
Uma segunda natureza,
Como a dor habita a carne,
O ser brota de sentir,
E derrama,
Alagando a vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s