Coração ressonante

 

Todos os sons,
Dos lírios secretos das ondas,
Espumando gritos submersos,
Como conchas florescendo,
O brilho de suas pérolas,
 
Ululantes solfejos
Soprando tão cálida brisa primaveril,
A degelar o invernal sono de esquecimento,
 
Todo o som, da tua presença,
Toda a música,
Que vibra quente em tua voz,
Quebrando antes do fim,
E tornando a começar mais uma vez,
Ao ritmo do coração ressonante,
Como chuva na lagoa,
E a alma transbordante,
Do sorriso sublime,
 
Gemidos deslizando na ponta dos dedos,
Harpejo-cafuné nos harmônicos de teus cacheados,
Luz e sombra teus olhos e todas as bocas,
Sons,
Todos os sons,
Todos todos todos,
Irremediavelmente…
O infinito da criação,
Nas curvas dos nossos acasos,
Todos, todos os quilômetros,
Dos meus sonhos até ti!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s