Quando tudo se realizar

E quando imersos,
Na sutileza vívida e despropositada em tudo,
Preenchendo e transbordando,
Com a vida mesma
Repleta da mais tácita simplicidade,
Como se cada segundo bastasse,
Como se cada coisa ou lugar estivesse
Intimamente envolvido pelo mais caloroso sentimento
Reverenciado pela luminosidade que se derrama
Como um Sol ungindo a cumplicidade de nossas presenças,
E então, de repente nos entreolharmos perdidos e tão
Profundamente encontrados em meio a isto,
Agradecidos apesar de surpresos,
E soubermos sem ditos ou julgas,
Que estamos onde sempre quisemos estar,
Em casa,

Que ainda não falte o sonho…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s